sábado, 26 de junho de 2010

Conto de fadas

mãe e filho abraçadosO menino dos olhos do mundo


Era uma vez um menino. Um pequeno menino chamado de Mago. Mago era jovem, simpático, e tinha os olhos da cor do mundo. Todos se imprecionavam com seus olhos. Um dia, mago resolveu sair ao mercado, deixando sua pobre mãe em casa com seus outros dois irmãos mais velhos.
Mago não retornou. Sua mãe, preocupada, foi procurá-lo nos lugares onde ele gostava de ir, mas não o encontrou. Seus irmãos foram procurá-lo perto de onde ele sempre estava, também não o encontraram.
Dias mais tarde, Mago retorna cego. Sua mãe o pergunta o motivo de retornar tanto tempo mais tarde. Mago responde simplesmente:
▬Minha mãe, não encontrei o caminho de casa. No caminho de volta vi dois homens, e isso foi a última coisa que vi.
Sua mãe, não cego andando de óculos escurosentendendo, reparou os olhos de seu filho e viu que ele não via mais nada. Ele estava cego.



Reflexão


É o que dá ter os olhos do mundo.
Se não ficar cego de vez, deixa de ver coisas muito importantes que estão exatamente a frente.







texto de autoria própria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: