quarta-feira, 28 de julho de 2010

Análise musical

sonso é aquele que é como eu, mas parece ser diferente ou se finje de inoscente
Música Analisada Por Mim
(Como zaqueu) OU (Faz um milagre em mim)
Régis Danese

Como Zaqueu eu quero subir ☺-->> Eu sou um brocha
O mais alto que eu puder ☺-->>Desejo o viagra
Só pra Te ver, olhar para Ti ☺-->>Minha barriga não permite ver as parte baixas
E chamar Sua atenção para mim ☺-->>e fazer com que me encare cabeça a cabeça

Eu preciso de Ti Senhor ☺-->>A receita do viagra, por favor
Eu preciso de Ti, oh Pai ☺-->>A receita do viagra, eu imploro
Sou pequeno demais ☺-->>Ele não sobe faz tempos
Me dá Tua paz ☺-->>Me dá o viagra
Largo tudo pra Te seguir ☺-->>faço o que quiser, até rodo a bolsinha

Entra na minha casa ☺-->>Me rouba
Entra na minha vida ☺-->>Me sequestra
Mexe com minha estrutura ☺-->>Me faz vadia
Sara todas as feridas ☺-->>Me cura depois, é claro.
Me ensina a ter santidade ☺-->>Me bate até eu ficar santo de novo
Quero amar somente a Ti ☺-->>Me faz seu escravo
Porque o Senhor é meu bem maior ☺-->>Porque o seu é maior que o meu.
Faz um milagre em mim ☺-->>Me engravida

Novas descobertas

Áreas de maior impacto do corpo humano

Regiões próximas ao tronco onde tem as veias principais
▬Perto do ombro (no braço, logo acima do bíceps na parte interior do braço.)
▬Na parte superior das coxas
▬Jubular e a outra veia do pescoço
▬Dois dedos abaixo do tórax (o osso dos peito)
▬Nuca (parte extrema de trás)
▬O centro dos olhos (três dedos acima)
▬Têmporas (afundamentos entre às orelhas e a testa)

Nas 1ªs 4 partes basta cortar, nas ouras tem que ser uma pancada forte ou tiro.

Mas: Cuidado um tiro mal dado pode acarretar coma profundo e seis meses (mínimo) de recuperação, além de outras consequências nem tão legais como um rosto desfigurado.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Métodos de suicídio em estudo

Já descobri alguns métodos.

Mais usados:

Cortar as mãos
♥Funcionalidade:
pra quem quer perder o movimento dos dedos é otimo.

☻Contra indicações:
Pessoas que não gostam de sangue ou que não gostam de dor.

☺Quem pode usar:
Hemofílicos. Por que só assim o sangue não vai para de jorrar e ele vai morrer.


Enforcamento
♥Funcionalidade:
Ótima, para quem não tem medo de asfixia.

☻Contra indicações:
Gente muito acima do peso (obesos) e pessoas que são muito altas.

☺Quem pode usar:
Qualquer um. Basta ter um corda forte e um lugar forte onde amarrar.


Tiro na cabeça
♥Funcionalidade:
Muito funcional.

☻Contra indicações:
Quem quer um velório onde possam ver seu rosto.

☺Quem pode usar:
Quem tem uma arma em casa ou à mão.


Bomba
♥Funcionalidade:
Nada melhor do que isso

☻Contra indicações:
Gente que não sabe fazer bomba.

☺Quem pode usar:
Quem tem acesso a bombas ou que aprenda a fazer com ajuda da internet.


Choque
♥Funcionalidade:
Variável.

☻Contra indicações:
quem odeia levar choque.

☺Quem pode usar:
Quem gosta de metais e tem acesso a tensões acima e 400 volts.

Fogueira
♥Funcionalidade:
muito funciona e muito dolorido

☻Contra indicações:
hipotermicos e alcoolatras

☺Quem pode usar:
Pessoas piromaniacas e quem tem acesso a combustíveis de qualquer categoria (até cerveja) e isqueiros ou fosforo.


Queda
♥Funcionalidade:
Variável, de ossos quebrados até a morte.

☻Contra indicações:
gente que não gosta de altura.

☺Quem pode usar:
Quem tem acesso ao último andar de edifícios muito altos (bem acima de 4 andares).
Ps. voar é uma delícia, mas muito cuidado.


Acidente de trânsito
♥Funcionalidade:
Variável.

☻Contra indicações:
Velhos e gente muito lerda.

☺Quem pode usar:
Quem tem acesso a vias nde os motoristas correm a toda velocidade ou (no caso do filho da Cissa Guimarães) Acesso a vias de racha.


Por enquanto é só.
Muito obrigado pela atenção.
Ps.: Só repasse se a pessoa realmente quiser fazer isso.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Meu último adeus ▬ Carta de suicídio.

Estou triste. Mas finalmente farei uma coisa boa por mim. Só lamento ter que ser tão drástico. Infelizmente é isso ou passar o resto da minha vida como mendingo ou coisa pior.
Não sei exatamente o que me fez chegar a isso. Me perdoem. Pai, mãe, irmãos, amigos. Eu lamento muito, mas não posso mais continuar. Este mundo não é para mim. Não consigo mais surportar tanta dor e tanto sofrimento. Já basta ter que acordar todos os dias sem ter nada para fazer. Basta de ter que procurar um emprego que nunca está me procurando. Que só quer alguém com o perfil correto. Sei que não tenho perfil para muitas coisas. Mas não aguento mais isso. Chega de procurar um emprego e não consegir por que não tenho a mínima experiência pedida. Ninguém ajuda, ninguém me ajuda. Não sei mais o que fazer. Não tenho mais nada o que fazer. Portanto só posso lamentar por mim e por quem está na mesma situação.
O que vou fazer, ou que já devo ter feito quando vocês encontrarem este documento, não é um ato de coragem como gostaria que fosse. É meu último ato. Gostaria que todos soubessem que não vou morrer sozinho e não sofrerei mais do que eu já sofri nesta vida. Cansei de esperar alguma oisa boa acontecer na minha vida e me tornar uma boa pessoa com algum sustento todo mês. Não dá para ser honesto num país de políticos corruptos. Não dá para ser um homem inocente num país onde, para sobreviver e sustentar suas próprias famílias, pais de família entram para o crime. Não dá para residir num país onde para você se manter tem que roubar, traficar, matar ou fazer coisas piores.
Como eu não quero nada disso na minha vida vou fazer o que vou fazer. Não precisam se lamentar por mim, já fiz muito isso. E não vai adiantar de nada: Os mortos não sentem dor, sede, calor, frio e outras coisas que os vivos sentem.
É com profunda tristeza e com muito amor que deixo esta carta para que se lembrem que um dia eu existi. E que fui uma boa pessoa, mesmo que por pouco tempo.


Sei que o que estou fazendo é errado, mas não vejo outra saída. Não há portas que se abram e não vejo janela nenhuma. A primavera é a continuação do verão, do inverno e do outono ▬ nada muda, são sempre os mesmos dias.




Amo todos vocês.

Adeus.

PS.: Adoraria ter trabalhado no controle de qualidade dos jogos, jogando, é claro, e enviando informações de onde há problemas.
E adoraria ter trabalhado em um lugar que me desse a oportunidade de ter experiência experiência.
PS2: Estou, ou estava, estudando pela tarde no curso de BI de ciência e Tecnologia da UFBA.
PS3: Estou contando um período de 15 dias antes de concluir meu suicídio. (preciso deste tempo para avaliar o melhor método de morrer).

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Aviso aos heteros de plantão

À todos vocês que são heteros e lêem este site eu tenho uma revelação a fazer.
Passeando pela internet eu encontrei o texto a seguir,

aviso. cuidado. Danger. dangerously. Get out. Vaza. Some. corre o quanto puder.

"Aviso: Heteros de plantão
Quem não sente o maior tesão por aquele amigo hétero? Pelo vizinho, pelo
colega do trabalho, da academia? Pelo namorado da amiga? O namorado da amiga
não, aí a coisa pega, fica feia mesmo. Mas, como todo hétero é fazível em
potencial, sempre há aquela esperança de pegar o cara. Pesquisando o assunto,
descobri que há especialistas em pegar hétero. E também existe dicas para se ter
sucesso nesse empreendimento."

"Primeiro é bom alertar que o hétero pode até ficar com você, uma vez, o
que não quer dizer que ele vai querer repetir, muito pelo contrário, se
conseguir pegar o bofe, aproveite bem, porque o mais provável é que nunca mais o
faça, ou então ele deixará de ser hétero e virará sua amiga, uma bibona,
iniciada na vida por você. Outro alerta é que você pode perder o amigo ou ficar
com um amigo desconfiado. Depois de ter ficado com o bofe, se antes ele tinha
certas intimidades com você, isso vai acabar, ele vai se tornar reservado e vai
evitar ficar sozinho com você, medo de que a coisa se repita. Não adianta ficar
lamentando depois, não tem mais conserto, você trocou o amigo por um momento de
tesão, por um pinto que você chupou e nem foi tão bom como pensava. Mas, se é
tão importante assim, vamos às dicas de como você pode seduzir aquele bofe:"

aviso. cuidado. Danger. dangerously. Get out. Vaza. Some. corre o quanto puder.

Se quiser ver além do que eu consigo mostrar agora mande um e-mail para magoexodia@gmail.com, comente pedindo ou entre no link www.deolhonamala.com
É um site de conteúdo erótico homossexual ▬ SEXO EXPLÍCITO ENTRE HOMENS.
aviso. cuidado. Danger. dangerously. Get out. Vaza. Some. corre o quanto puder.

Diálogo do armário

casamento e traição são coisas equivalentes. A diferença está em quem está amando.
Apresentando mais três personagens internos: Magno, Gin e Marinaldo.

Marinaldo entra em casa quando ouve sons estranhos vindos do primeiro andar da casa. Ele vai até lá. Vai devagar para poder ouvir de onde exatamente vem os sons. Sobe a escada, de onde dá para ver uma porta aberta no fim do corredor e o som aumentando conforme a proximidade.
E então ele vê algo através da porta entreaberta algo diferente do que normalmente veria por aí: Magno em cima de Gin, numa posição não muito confortável.
▬Marinaldo?! ▬Dizem os dois de cima da cama sem se mover.
▬Não parem por minha causa. Gin. Querida, eu não encontro as chaves do carro.
▬Amor, não vai. Fica aqui com a gente. Por favor!
▬Vocês não vão brigar? Ou se agredir? Ou outras coisas que homens traídos fazem? ▬Pergunta Magno discrente do que acabou de ver.
▬Não. ▬Marinaldo responde como se não houvesse nada demais acontecendo ali. ▬Eu confio na minha mulher. Por que eu brigaria com a mulher que eu amo?
▬Por que ela tá te traindo na sua cama com um homem.
▬Prefiro quando ela fica com as mulheres. Elas discutem menos. E não se importam tanto como os homens. ▬Marinaldo vai em direção a mulher. ▬Amor, eu tenho que ir, senão eu perco a oportunidade.
Magno fica Boquiaberto com a indiferença do marido em relação aos atos da mulher.
▬Então, faz uma última vez comigo!
▬Acho que tenho muito tempo ainda.
Na mesma cama eles continuam o que o outro estava lá para fazer. O outro ficou lá inerte, sem saber o que pensar, como reagir, como sair dali, daquela situação.


Paro por aqui...
Justamente por que minha virgindademe impede de imaginar os próximos detalhes desta situação.

Diálogo dos EXes

Entre Mag E Ígor



Um dia qualquer, dentro de uma sala.
▬O abraço do dia. ▬Mag se apresenta de braços abertos para ele.
▬Abraço aceito. ▬Ìgor retribui o abraço com outro bem apertado e demorado.
▬Você tava mesmo precisand deste abraço, né?
Ele nada fala. Apenas continua ali abraçado.
▬Se quiser conversar eu tô bem aqui. ▬Mag fala depois de algum tempo.
Ígor começa a fungar no cangote de Mag, que e assusta.
▬O que é isso? ▬Mag questiona tentado sair dali.
Ígor começa a descer a mão pelo seu belo corpo.
▬Há tanto tempo que quero sentir você desse jeito. ▬Ìgor aperta mais Mag contra si forçando Mag a chutar determinadas partes para poder se soltar. Ìgor geme de dor.
▬Quando quiser um abraço é só dar o abraço. Eu não tô aqui pra este tipo de coisa. ▬Mag se afasta.
Ìgor vai atrás.
▬Espera aí!
▬Vaza. ▬Mag continua andando.
Ígor consegue agarrar Mag de novo, o que deixa Mag com muita raiva.
▬Quer briga?
Ígor finge que não ouviu. Então Mag se abaixa com toda facilidade e levanta com velocidade a ponto de quebrar o nariz dele ou derrubá-lo. Mas só o derruba.
▬Eu avisei. ▬Mag some na multidão de estudantes.





Paro por aqui...


PS.: Esta foi meio que uma homanegem à um amigo muito inteligente e a outros Ígors que eu conheço.
PS.2: Escolhido por escala de quantidade e nome na cabeça.
PS.3: Queria fazer uma homenagem a outro colega de séculos atrás (não, não sou um vampiro e não sou imortal ▬ principalmente da Academia Brasileira de Letras. É apenas um modo de falar). Mas eu não lembro mais o nome dele. Espero que ele entenda que os anos me mudaram desde os seis ou sete anos de idade, já não tento matar mais ninguém por um giz.
PS.4: A continuação talvez exista, mas não sei se eu vou saber disso.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Em Homenagem Ao Meu Pai

pai e filho. Homnagem ao dia dos pais.

Já que o dia dos pais se aproxima



Pai, oh! pai.
Se você se aproxmar de mim para me agredir com palavras eu vou arrancar sua língua da boca com um alicate industrial.

Pai, oh! pai.
Se você chegar a mim para me fazer injúrias eu faço de você o que toda pessoa com um pingo de escrúpulos faria: eu faço você se jogar num rio incandescente de aço.

Pai, oh! pai.
Se você me perguntar sobre coisas que eu não quero responder, eu explodo seus ouvidos com uma granada de som de alta potência.

Pai, Oh! pai.
Se você vier me bater eu amarro seus braços em dois carros opostos e mando os motoristas darem a partida.

Pai, Oh! pai.
Como pode ver eu te amo tanto.
Este amor pode até ser mal visto pelas pessoas, mas é o que sinto por você.

Pai, Oh! pai.
Te amo tanto que, se eu tivesse mais alguma coisa contra você, eu te passaria no ralador de queijo industrial até perder cada um dos seus membros eu te daria 15 minutos entre um membro e outro, calverizando as partes em carne viva com ácido sufúrico. E depois que não restase perna braço e partes íntimas eu faria um necropsia em você para ver o quão grande é o seu coração. E eu nunca te deixarei morrer.

Pai, Oh! pai.
Como pode ver não há amor superior ao meu que uma pessoa possa suportar no peito por tanto tempo.

Pai, Oh! pai.
Só por você e somente por você eu venderia a minha alma para levá-lo aos encantos do inferno para diante da beleza dos demônios e anjos bestias que lá você encontrará pessoalmente em minha companhia.

Com todo meu amor de filho,
Com toda a minha afetuosidade,
E com tudo o que está no meu coração,
Esta é a homenagem que faço a você: Meu pai.

domingo, 18 de julho de 2010

Como usar a internet para aprender novos idiomas

É fácil ser autodidata na rede. Além disso, não custa nada!




A bela londres que um dia eu vou conhecer. London.
por Filipe Garrett

Dentro da vastidão de conteúdos disponíveis na internet há espaço cada vez maior para o chamado e-learning: educação a distância baseada na rede. E uma área que progrediu muito nesse mundo novo é a do ensino de idiomas.

Segundo Ana Luiza Bergamini, uma das responsáveis pelo site http://www.inglesonline.com.br/, que oferece material para tirar dúvidas, curiosidades e exercícios para quem estuda a língua inglesa, a opção dos cursos virtuais é válida desde que exista uma relação equilibrada entre o interesse do estudante e a didática plataforma de ensino: “muitos sites oferecem lições de gramática com exercícios e alguns exemplos em áudio, o que pode ser muito bom para aprender a mecânica da língua”, diz.

Ana Luiza, contudo, ressalta que, para aprender, ganhar fluência mesmo num nível básico de qualquer língua, é necessário ouvir muito o idioma estudado, além de praticá-lo. “Por isso recomendo que o aluno procure sites que apostem na interatividade e permitam que as lições sejam baixadas para ouvir em qualquer lugar e a qualquer hora”. Vale lembrar ainda que, se por um lado você não paga nada, por outro terá que ter disciplina para estudar no computador e não abandonar o curso.

continue lendo na sua fonte original:
http://guiadoestudante.abril.com.br/estude/saibamais/como-usar-internet-aprender-novos-idiomas-510916.shtml

sugestões do site:


Algumas sugestões minhas:

Veja também France, Je veux voir vouz!

Leia http://energiasrenovaveis-2010.blogspot.com/

sábado, 17 de julho de 2010

quinta-feira, 15 de julho de 2010

sonho é para sonhar

sonhos de bebê
Você, que agora está lendo este post, já deve ter tido muitos sonhos.
Sonhos bons, sonhos maus. Sonhos bonitos, sonhos maravilhosos.
Pena que bons ou ruins eles são apenas sonhos...
Já imaginou como seria bom se nossa vida fosse um sonho?
Já imaginou se nossa vida pudesse ser mudada assim como nos pensamentos?
Poderíamos fazer da nossa vida um... Parque de diversões.
Ou melhor... Faríamos da nossa vida o que ela deve ser e não o que ela é!
Teríamos tudo o que mais desejamos... Tudo sem exceção.

Eu, principalmente, teria tudo o que mais desejo. Teria a vida dos meus sonhos.
Teria a família dos meus sonhos. Teria os amigos dos meus sonhos.
Teria a beleza dos meus sonhos. Teria o que me desse vontade de ter.
Faria da minha vida um conto de fadas. Faria dos meus amigos personagens de contos de fadas.
Faria da minha família personagens de histórias infantis.
Teria ao meu redor apenas o que e quem me faz feliz.
Dezfaria o que fiz de mal e de errado. Repetiria as boas coisas e coisas felizes que fiz enquanto vivia.
Dezfaria e refaria coisas que gostaria que fossem de outra forma.
Refaria toda a minha vida até que ela siga o curso que quero.
Dominaria minha vida. Dominaria o mundo. Dominaria meus sonhos.
Dominaria minha alma. Dominaria meu corpo. Dominaria minha felicidade.
Dominaria meu caráter. Dominaria minha raiva. Dominaria minha confiança.
Dominaria minha fé. Dominaria minha concentração.
Me subordinaria apenas a um mestre maior: eu.
Me subordinaria àquele que fosse seu superior: aquele(a) que não tem nome.
Me faria seu escravo para toda a eternidade e faria dele um imperador.
E me sentaria ao seu lado direito e me chamaria seu escravo.

E ninguém seria mau. Ninguém faria o mau. Ninguém seria preso.
Ninguém seria torturado. Ninguém seria morto.
Ninguém sentiria Raiva e desejo de vingança.

Todo mundo sentiria apenas Paz.
Apenas Paz. Como os mortos.
E felicidade profunda por ter tudo o que quer e o que precisa ao redor.


E aí a guerra seria desnecessária.


Não! Eu quero o mundo do geitinho que ele é:
  • Cheio de obstáculos;
  • Cheio de discórdia;
  • Cheio de desamor;
  • Com doenças que matam e pessoas que matam;
  • Com raiva e vingança;
  • e com tudo que uma vida deve ter.
Deixe a paz para quem está morto.
Para se ter paz deve haver a guerra antes.


Para refletir. E refletir muito.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Entrevista comigo mesmo

entrevista de emprego
Nesta edição vamos conversar com alguém em especial. Este alguém, que não é tão importante ainda para o Brasil, se chama Marinaldo. Mas por decisões óbvias ele preferiu ser chamado de Mag. Vamos a entrevista.

Eu: Seu nome?
Mag: Marinaldo, mas me chame de Mag.

Eu: Por que Mag?
Mag: Mag é meu nome de nascença. Antes de ser registrado Marinaldo eu era Mag. De Magalhães, sabe?

Eu: Como você é na sua vida particular?
Mag: Você deveria passar a vida comigo pra saber. Eu mesmo não sei. (risos)

Eu: O que você é?
Mag: Como você me classificaria?

Eu: Não sei como responder.
Mag: Eu me classificaria: criativo e reflectivo. Mas há muitos modos de classificar alguém, e mesmo muitos critérios de classificação. Posso responder esta mesma pergunta com: Sou virgem, geralmente sincero, simpático quando quero, mentiroso quando preciso, austero, sarcástico e mesmo indeciso. Porém não me definiria como eu sou totalmente. Mas como eu posso ser no momento.

Eu: E como responderia a esta pergunta agora neste exato momento?
Mag: Leal, confiante em determinados aspectos, perserverante, mutável, um aprendiz.

Eu: Um aprendiz?
Mag: Sim, um aprendiz. Particularmente pelo motivo dos aprendizes serem forçados a aprender diariamente com os erros e acertos seu e de seu tutor.

Eu: Qual a sua idade?
Mag: 20 anos.

Eu: O que você gosta em você?
Mag: Meus pensamento, criatividade, emoções, meus métodos de reagir às situações que vivo todos os dias.

Eu: Eu digo em relação ao seu corpo.
Mag: eu amo meus olhos. Assim como gosto de olhar as pessoas nos olhos, encará-las olho a olho.

Eu: Se você estivesse precisando muito de dinheiro, o que você faria?
Mag: O que fosse preciso. Na verdade, eu não sei o que faria na hora. Ninguém sabe. As pessoas muitas vezes dizem que vão fazer isso ou aquilo e no final reagem como crianças perto do perigo. Nas piores horas os previsíveis se tornam imprevisíveis.

Eu: Não entendi: "Os previsíveis se tornam imprevisíveis"?
Mag: Na hora da raiva, ou da morte, ou da iminência de algum perigo para alguém que ama, todo mundo ▬ sem exceção ▬ muda completamente. Se tornam animais irracionais em busca de comida ou de proteção.

Eu: Ouvi boatos de que você pretende escrever um livro.
Mag: pretendia. Quando o livro sai da minha cabeça pro papel as coisas não querem mais fazer sentido. Eu vejo apena cenas, recortes, relampejos. Nada além disso. Então decidi desistir.

Eu: Pretende voltar a tentar?
Mag: Sim.

Eu: Quais são seu desejos para este ano?
Mag: Ganhar dinheiro e viajar são os principais.

Eu: Então tem outros?
Mag: Tenho. Mas não vou contá-los. Não aqui.

Eu: Entendo, são desejos muito íntimos. Só para terminar.
O que você quer falar para as pessoas que estão lendo isto agora?
Mag: Bom... Você leitor ou leitora que está lendo esta entrevista por aí, a vida é a coisa mais complicada com a qual se deve conviver. Viver não é fácil pra ninguém. Viver bem, viver satisfeito, viver feliz, são coisas que as pessoas procuram o tempo todo, mas não encontram com facilidade por aí. Tenho apenas 20 anos, mas sei suficientemente bem que não dá para encontrar a felicidade sem estar procurando por ela e que viver ou morrer é uma decisão única e exclusiva de quem detém o poder sobre a vida sua ou de outra pessoa.
Eu: Muito obrigado. E até mais.
Paro por aqui...

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Mon déclaration d'amour

J'aime un personne.
Non, rien de vous le connaissez pas.
Ou vous déjà le connaissez.
Je l'aime depuis qui je le vais au mon salle de classe.
Jeune, jolie, grande, yeux gris, beau sourire.
Un amour de homme.

par la suite, je commences á aimer il comme il est.
Rafael. Ah! Rafael. J'aime tu. J'aime tous qui tu fais.
J'aime tous qui touche tu. J'aime tous qui entoure tu.
J'aime la personne qui touche tu oú tu plus goûts.
Je veuille qui tu visses moi comme je vais tu.

T'aime tu. J'adore aimer tu. Je l'aime.
Mais je sais qui tu ne peux aimer moi comme je déjà l'aime tu.
Si tu veux moi aprés le qui je dit ici, je suis attendre oú tu pourras voir moi.
J'attends tu.


PS.: Não acredite em tudo o que está escrito.
PS2.: Rafael é um nome aletório escolhido com base em maior quantidade.
PS3.: Meu francês é horrível.
PS4.: Ainda não lançaram, mas tem o PSP. Brincadeira. fiz com a ajuda do site le conjugateur
PS5.: France, Je veux voir vous leia e tenha onde aprender outras línguas.
Leia http://energiasrenovaveis-2010.blogspot.com/

sexta-feira, 9 de julho de 2010

diálogo dos namorados.

namorados

Conversa entre um homem e sua namorada.


Num belo dia de paz e amor.
▬Bem, te adoro ▬Namorada.
▬Eu sei! ▬Namorado.
▬Só vai dizer isso?
▬Sim.
▬Não vai dizer mais nada?
▬Tipo o que?
▬Eu também te adoro, minha coisa fofa. Eu te amo e te quero pro resto da vida.
▬Não precisamos exagerar, né?
▬Exagerar?
▬Isso tudo que você falou é um exagero, não preciso dizer tudo isso pra mostrar o que sinto por você.
▬Vai me dizer então que eu tô gorda e feia e que tá tudo caindo em mim.
▬Amor, não precisa exgerar.
▬E ainda me chama de exagerada.
▬Amor, você é linda do geito que você é. Assim fofa, gostosa, maravilhosa, exagerada,... O que mais eu preciso dizer sobre você?
▬Você acha?
▬Sim.
▬Que eu sou exagerada?
▬Não quiz dizer isso. Amor, eu te amo. Eu adoro quando você exagera de vez em quando. Não vamos brigar agora, vamos?
▬Você continua dizendo .. que eu sou exagerada.
▬Você exagera às vezes. Mas... você tem muitas outras qualidades.
▬Ah, bom. Você acha que meus exageros são umas das minhas qualidades.
▬Amor, Calma.
▬Agora você me chama de amor. E depois de cada um de meus exageros vai sempre me chamar de amor pra eu parar de exagerar.
▬Amor... Coração... Vamos, esquece isso. Calma. Respira fundo... Inspira... expira... Isso. Melhorou?
▬Sim. Mas eu ainda não esqueci.
▬Que tal um cineminha hoje?
▬Não muda de assunto.
▬E um jantar depois, com direito a um belo presente surpresa.
▬Vou me arrumar. Depois a gente conversa sobre aquele assunto.


Paro por aqui.

monólogo da loucura ▬ parte 2

Como pensam os louco?
Os loucos são normais ou os normais é que são loucos?
Ser louco é loucura ou é uma característica inerente ao ser humano?
Se eu fosse normal eu seria louco por ser normal?
Ou eu seria normal só por ser normal?
Eu sou louco por fazer estas perguntas?
Ou sou sou um filósofo normal como qualquer outro?
Um filósofo é um louco?
Todo filósofo é louco?
Todo louco sabe que é louco?
Ou todo louco acha que é normal?
Os normais são loucos?
Os loucos são normais?
Se eu entrasse num manicômio eu seria louco ou seria normal?
Se um louco entrasse na bolsa de valores em pleno funcionamento, ele acharia todo mundo louco ou todo mundo acharia que ele é louco?
Ser louco é ser louco?
Fazer loucuras de vez em quando gera loucura?
Ser sempre normal torna uma pessoa muito doida?
Doideira ou Loucura?

Responda se puder.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

clipe mental início

Está tudo escuro.
Uma luz se acende ao centro de não sei onde. Ilumina uma pessoa. Uma mulher.
Não, não é uma mulher. Usa um belo vestido. Está sentado como uma diva. Vestido como uma diva. Maqueado como uma diva.
Mas é homem.

Mais luzes se acendem e mais pessoas aparecem. Mascarados. Sem identificação.
A música começa.

O "Diva" levanta e faz um movimento aleatório. Para. Espera. Alonga. E refaz o movimento. Os mascarados logo atrás repetem o último movimento.

Assim começa um clipe.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Monólogo da loucura.

insanidade, loucura, escolha dos atos, inconsciência

Pensamentos de um louco sobre loucura e normalidade.



▬O que é a loucura?
▬A loucura nada mais é do que a falta de normalidade do indivíduo.


▬O que é normalidade?
▬A normalidade é a ação rotineira e normal de qualquer indivíduo.


▬O que é ser normal? É ser rotineiro e previsível?
▬Sinceramente eu não sei. Mas quando souber você será o primeiro a saber o que é por mim.


▬Isso quer dizer que você é normal e que louco é uma pessoa diferente de você, ou que ser normal é ser diferente de você?
▬Sinceramente, eu não sei. Mas sei que Tenho meus momentos de normalidade e e loucura.


▬Isto se aplica a todo mundo?
▬Você é igual a todo mundo? Ser igual a todo mundo é normal? Ou ser igual a todo mundo é loucura?


▬Não, não sou igual a todo mundo. Mas sei que sou igual a alguém que nunca vou conhecer ou que já conheci mas não lembro quem é. Acredito que ser normal é ter algo de parecido com outra pessoa próxima. Mas não sei qualificar a loucura. Eu sou louco?
▬Preste bem atenção, se você fosse louco você faria este tipo de pergunta: "Eu sou louco?"?


▬Acho que sim. Não tenho certeza. Não sei. É, eu não sei. O senhor está me deixando confuso! Se eu fosse louco como eu saberia que estou louco?
▬A confusão é muito louca! Não há como ter certeza de algo que não se sabe exatamente o que é!


▬O senhor está me dizendo que estou ficando louco? Isso é um ultraje.
▬Não, eu não disse isso. Apenas afirmei que a confusão é um traço de loucura.


▬Logo estou ficando louco.
▬O amor não é um tipo de loucura?


▬O amor. O que é o amor?
▬É um sentimento, sei lá.


▬O senhor não sabe o que é o amor?
▬Sei, está no dicionário. Vou ver... ▬pega um dicionário grande e pesado e procura a palavra amor. ▬ Segundo o dicionário Aurélio, o amor é:
1. Sentimento que predispõe alguém a desejar o bem de outrem.
2. Sentimento de dedicação absoluta de um ser a outro, ou a uma coisa.
3. Inclinação ditada por laços de família.
4. Inclinação sexual forte por outra pessoa.
5. Afeição, amizade, simpatia.
6. Objeto do amor.


▬É melhor terminarmos a sessão por aqui antes que sejamos intenados os dois por loucura.
▬Por qual motivo? Só por estarmos discutindo feito dois grandes filósofos sobre loucura, normalidade e amor?


▬Sim. Posso não ser normal, mas também não sou louco de esperar aqui enquanto alguém chama o hospício.
▬Então até mais, meu caro colega. Foi ótimo conversar contigo.


Um dos dois sai do quarto e o outro volta a pintar.



Paro por aqui...
Leia
http://energiasrenovaveis-2010.blogspot.com/

Autoria própria.

sábado, 3 de julho de 2010

Como postar comentários e visitar artigos ou posts relacionados

tutorial de como desenhar uma garota.

Ver e ou fazer os Comentários


é super simples: clique no nome do post se não houver a área de comentários abaixo.
Clicando nele você será redirecionado para onde está o link e lá terá os outros comentários (se existirem) e outras informações que não foram mostradas antes.


ver artigos relacionados por tag


Basta procurar perto do título ou no final do post por nomes em azul ou sublihados como este: azul-sublinhado (você será redirecionado para http://energiasrenovaveis-2010.blogspot.com/ quando clicar nele.)



geralmente eles vem acompanhados dos nomes:



  • tag;

  • link;

  • você também poderá gostar de;

  • links relacionados;

  • entre outros nomes.

Gostou deste post?


[sim] [não]




Outra Opção



Ou você pode navegar pelo sistema lateral onde tem todos os posts publicados desde o seu início até o momento atual.



Conheça meu primeiro post


e veja algumas dicas de outra língua Francês



Diálogo posterior

diálogo de comunidade Apresentando mais 1 personalidade minha ▬ Gin

Mag e Gin



▬O que ele queria? ▬Gin
▬Saber algo. ▬Mag
▬Algo o que?
▬Saber se era verdade ou se sente o mesmo, ou sei lá.
▬Cara de pau.
▬Aí vamos aonde?
▬Como você consegue?
▬Consegue, o que?
▬Mater esse geito de que tudo está bem. Mesmo que o mundo tenha explodido e não restasse nenhuma pessoa para contar história além de você, você sempre age assim.
▬Não. O mundo ainda não explodiu. E não é sempre que eu sou assim.
▬Sei. E quando você está morrendo de dor de cabeça? E quando sente dores fortes? E quando etá doente? Se você não fala, ou se ninguém pergunta, você continua seu caminho em paz. Finge que tá tudo bem, mesmo sem estar. E ainda consegue fazer coisas que outras pessoas em sã consciência não conseguem fazer depois de ter acontecido algo forte o suficiente para alterar o emocional de qualquer pessoa.
▬Quer saber meu segredo?
▬Sem brincadeiras.
▬Por que está tão irritada? Quem teve que olhar para ele foi eu, não você.
▬De qualquer forma, você não demontra um mínimo sinal de que tem algo errado. Como você quer que alguém te ajude...
▬Nunca pedi ajuda para isso aí que você está falando.
▬Não quando tem a ver com suas emoções. Não finja que não sabe do que estou falando.
▬Eu não finjo.
▬Nem mente, sei.
▬Nunca menti pra você. E nem pra ninguém que eu confio.
▬E omitir é o quê?
▬É apenas não dizer algo que seja ou não importante.
▬Depois de tudo o que você falou, você ainda conseguiu me distrair. Como consegue?
▬Apenas não falo o que não quero dizer e quando um assunto fica chato eu passo para outro que possa conduzir. Ainda quer saber de alguma coisa sobre eu e ele?
▬O que ele fez? Ele conseguiu alguma coisa com você? Você está mal com isso? Como se sente?
▬Ele tentou me beijar. Mas não conseguiu nada, não dessa vez. Eu pedi para ele voltar para a namorada dele, eu sei que le não vai deixá-la por mim. Me sinto mal por ter dito o que precisei dizer à ele, se não dissesse ficaria preso em mim e eu teria que me recuperar depois de algo bem pior. Neste momento o que eu quero ficar longe de encrenca e de pesoas como ele. Se não puder sentir nada parecido or outra pessoa será bem melhor para mim do que esperar que algo aonteça neste sentido. Agora chega de perguntas por hoje.


Paro por aqui...

Leia também
Energias renovaveis 2010

Diálogo

diálogo

Mag e Rafael



Numa tarde fria de terça feira.
▬Oi! ▬Mag
▬Oi! quero falar com você! ▬Rafael.
▬Já falou.
▬É sério...
▬Lamento. Se quer falar sério é só dizer sério.
Mag vai para u canto bem longe dele. Rafael vai junto.
▬O que você quer?
▬Já disse: quero conversar sério com você!
▬E já não deveria ter começado a falar o quer falar? Seja mais objetivo.
▬Sobre aquela conversa...
▬Tenho memória curta. Não lembro de além de ontem.
▬Uma conversa que nós tivemos, em que você pediu para que eu ficasse longe de você.
▬E por que está tão próximo?
▬Você sabe...
▬Não, não sei.
▬Só quer saber de uma coisa...
Rafael tenta beijar Mag, que lhe retribui com um tapa.
▬O que você quer?▬Mag vira o rosto.
▬Eu só quero saber...
▬Você é comprometido. ▬Mag, sussurrando ▬Volte para sua namorada e me deixe em paz.
Numa segunda tentativa, Rafael quase consegue o que quer. Mas Mag se esquiva e sai dali.


Paro por aqui...
leiam http://energiasrenovaveis-2010.blogspot.com/

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Monólogo


Mais links de francês
a língua que amo



evisitei um tal de J'arrive Quebec,
blog de uma brasileira que viajou para quebec, no Canadá e posta coisas legais sobre o que ela vê por lá.

http://dictionnaire.tv5.org/dictionnaires.asp?Action=1
http://www.radiofrsolo.info/index.php
http://www.bonjourdefrance.com/bonjour.htm


France, Je veux voir vous!

leiam

http://energiasrenovaveis-2010.com

quinta-feira, 1 de julho de 2010

links e jogos e emuladores que tal?


Eu já conhecia de tanto baixar jogos


http://www.romsparagba.com/;
http://www.i16games.com/;
http://romhustler.net/roms/mame/all

e então aprendi a baixar emuladores


playstation 1
MAME

APareceu
http://www.baixarjogos.blog.br/

e conheci


snesorama.us

como mandar torpedo oi gratuito

http://magoexodia.blogspot.com/2010/06/eu-nao-sei.html

Mas agora eu estou saturado. quero mais que isso.

me ajude a ter mais que isso.

leia também

http://energiasrenovaveis-2010.blospot.com/

ou me contate

Campanha Abrace À Vontade

abrace abrace abraçar a todos, abraços para todos.
Todo mundo gosta de expressar o que sente

Então peço para que abrace todo mundo que ver pela frente.



Faça isso todos os dias a qualquer momento.

Sinta-se à vontade para receber alguém que você ao menos gosta de braços abertos e demonstre seu lado afetivo.


Eu adoro a sensação de abraçar.





Leiam Energias renovaveis-2010

Diálogo 2

Entre mais duas personalidades minhas ▬ Mag e ...



Este diálogo imaginário se passa em um lugar fechado com várias pessoas ao redor.
▬Oi. ▬Mag.
▬Oi. ▬...
▬...
▬O que você acha de mim?
▬Nós estamos em aula.
... segura Mag pelo pescoço e o carrega até a parede.
▬Você está me sufocando. ▬ Mag ofegante.
▬Assim você me dá mais atenção. ▬ ... se aproxima do ouvido dele. ▬ Agora você pode me ver.
Mag olhá-o nos olhos. Eram cinzas como os de uma outra pessoa a qual ele não olha mais nos olhos devido a problemas emocionais.
▬Você me quer ou quer minha atenção?
▬Te quero. Te desejo.
▬Então me põe no chão.
... pensa.
▬Me põe no chão agora. ▬ começa a sentir o peso da mão em seu pescoço.
... não solta. Mag balança a perna direita com toda a força. A perna acerta o lugar masculino que quando acertado é algo realmente doloroso¹.
... cai no chão largando o pescoço de Mag.
▬Quando quiser conversar... ▬ Mag massageia a área do pescoço onde antes tinha uma mão monstruosa. ▬Tenha a paciência de aguardar.





¹ é justamente este lugar que vocês certamente estão pensando. Só posso dizer que eu não senti.
Paro por aqui.


Leia também
energiasrenováveis-2010.com

Diálogo solitário

Cérebro do hommer simpson e dos homens

Entre eu e minha outra personalidade chamada mentalmente de Rafael


Numa sala vazia, com apenas duas pessoas conversando em algum lugar do meu cérebro.
▬Por que você me evita tanto? ▬ Rafael
▬É pra ser sincero ou para censurar o que penso? ▬ Mag
▬Censurar...?
▬Eu não digo o que realmente penso pra ninguém! Ninguém diz exatamente o que pensa! Se dissesse, ninguém entenderia nada. Mas eu, eu não digo nada antes de pensar bem no que vou dizer.
▬Você está fugindo do assunto. Por que você me evita?
▬Não que seja pelo fato de não gostar de você; pelo contrário, eu adoro você, adoro olhar pra você. Mas é por que não posso olhar mais pra você.
▬Por quê?
▬Cara, eu te amo. E você é comprometido.
▬Eu nunca percebi que você gostava tanto assim de mim...
▬É por que você é homem. Não conheço nenhum que perceba algo tão bem escondido.
▬E por que escondeu tanto tempo assim?
▬Eu mal te conheço. Frequentamos as mesmas salas desde o início do semestre. E... mesmo que você seja tão alto, forte, bonito... bonito não, você é sexy. Bonito é homem que todo mundo gosta apenas de ver. Ainda assim tenho que me afastar de você definitivamente.
▬Por quê?
▬Chega de tantos porquês. Eu não quero ser responsável pelo fim do seu relacionamento. E não quero me apegar mais a você.
Mag atravessa a sala, Rafael vai atrás.
Rafael segura Mag pelo Braço.
▬Me larga.
...





imaginação
Paro por aqui.
Autoria própria.



Nem tudo o que se passa na cabeça de uma pessoa é imaginação...



Leiam:

energiasrenovaveis-2010.com







Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: