segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Diário ─ capítulo 09

Parte 01 ─ manhã
Rafael,
Ramos, meu caro amigo. Como vai?
Hoje eu acordei chorando. Pensei em R..... de novo. Desejei um abraço desta pessoa. Um abraço forte e apertado. Só um abraço bastaria. Isto é carência? Me sinto só. Solitário nunca, mas só, sozinho. Eu pensei em pedir um abraço para el.... Mas aí sempre vem a lembrança de que eu nunca pediria isso a el...., eu faria coisas diferentes como abrir a campanha no final do mês para abraçar todos que vejo pela frente e el...., ou faria um pedido meio informal. Mas não conseguiria pedir isso. Na maioria das vezes, por que as vezes não é algo muito realista para mim, eu penso em como as pessoas tem um modo interessante de pensar. E este método se torna imprevisível depois de determinados atos.
Eu te amo seu idiota. Faz cmigo o que você quiser.
Gostaria de poder pensar somente naquilo que eu quero. Não. Odiaria. Imagine só se eu só pensasse naquilo que eu gosto de pensar. Não seria nada legal e não estimularia meu cérebro a pensar. E não teria um mínimo de consciência do que eu odeio. Ou de quem eu odeio. Adorria não saber nada sobre o que eu odeio. E não gostaria nem um pouco disso.
Eu já não agueno mais esta espera. Adoro você.
Fazer o que? Não consigo viver sem miminhas loucuras.
Na realidade eu deixei esta página de manhã por fazer, por motivos alheios à minha vontade. Haviam muitos segredos escritos nesta página que tive que editar e apagar e coisas que vou cloca mais tarde de um modo que ninguém saberá de fato o que eu escrevi por que estará em baixo do nariz de todo mundo.e ninguém verá. A não ser que tente copiar minhas idéias. De fato há segredos que devem estar no meio para que ninguém mais o veja. E o segredo que vou revelar é um destes segredos. Um dos meus maiores segredos. Não, eu não vou te contar desta maneira. Contenha-se. A curiosidade matou o gato. Na verdade não matou o gato, matou quem estava olhando para o gato. Pense nisso. E talvez, no momento certo, você saberá qual é este segredo.
Adoraria uma noite sua comigo.
Segredos.
São a alma de qualquer negócio. Adoraria ter um segredo que fosse da conta de mais alguém além de mim próprio.. Tenho ótimas medidas de segurança. E por que não tenho a oportunidade. Já sei que funciona. Um segredo.
Sei que você nunca vai me querer do jeito que eu te quero.
AH! descobri uma coisa interessante: dá para ganhar dinheiro estudando. Um milhão para quem comprovar que dá para formar um número par qualquer a partir de numeros primos. Infelizmente não posso fazer isso. Não consigo provar que eu so quem eu sou, como é que vou provar que eu consigo comprovar isso?
Pra mim só basta sentí-lo próximo a mim, como um grande amigo.
Deveria ter posto meu corpo à venda na primeira oportunidade. Talvez eu ganhe alguma coisa vendendo um rim e um pedaço do figado. Odeio levar a vida que levo. Poderia ter sido filho adotivo de algum político rico, sabia? Poderia ter tido a sorte de ser rico, bonito, sexy, e muito feliz. Muito pelo contrário, é o dinheiro que trás a felicidade. Se quem fosse pobre fosse feliz a igreja católica taria devendo as portas do banheiro público. E ainda não haveria político rico. São coisas que enfiam na nossa cabeça, Ramos, não há quem faça algo que diga que é sujo sem fazê-lo por alegria própria.
Por favor, faz de mim o que quiser, me escraviza. Me torna seu eternamente.
Dinheiro não trás felicidade? O crime não compensa?
Isto são coisas que somente iiotas piore que nós falariam. É uma falácia. Falácia, segundo o site babylon, é um argumento logicamente inconsistente. Ninguém que falou estas besteiras, etas falácias, teve contato mínimo com o objetivo a ação delas. Eu já roubei e posso dizer: Sim, o crime compensa sim. Me senti super feliz depois do primeiro furto, mas já parei no segundo. E sim dinheiro trás a felicidade. Nunca me contentei em ter pouco e morar nua casa simples como a qual eu me escondo. Não importa o que digam: eu serei feliz, muitíssimo feliz, se eu tiver muito dinheiro e muitos bens próprios.
Faz comigo o que você não faria nem a teus piores inimigos.
Falando em besteiras populares, que tal falar sobre minha frase favorita que ninguém consegue contestar? Santo de casa não faz milagre. Mas não agora. É por que quero fazer outras coisas neste momento. Como escoder minhas mensagens subliminares pra ver se uma pessoa em especial as descobre.
Você nunca se arrependeria. Me ama, por favor.

Até mais tarde ou até amanhã, não sei quando retorno.
Dia 30/08/2010.

Um comentário:

  1. Marinaldo, é sempre bom desabafar. Espero que escrever no diário esteja te ajudando, e lembre-se vc não está sozinho.

    ResponderExcluir

Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: