domingo, 31 de outubro de 2010

Diário3 ─capítulo 11

Olá, senhor Ramos,hoje fui votar de novo.Votei em Marina Silva. Se, senhor Ramos,masqueria votar em alguém que realmente valeapena.E deu voto nulo. Confirmei com todo gosto. Afinal, de todos o menos pior.

Senhor Ramos, queria falar muito mais coisas, mas como tenho muito pouco tempo, vou falar do que der. ME esqueci do que ia falar. Mas tudo bem. Agora tô aqui e salvei o dia. O meu dia.

Senhor Ramos, sabe? Tava pensando em modificar mais alguma coisa em mim. Algo como uma nova cara. Ou uma característica nova. Alberto está me fazendo mudar passo a passo. Acho muito chato isto de ficar fazendo parte por parte todos os dias. Quero que seja mais rápido. Ele diz que não dá. o que a gente aprede rápido demais, esquece com a mesma velocidade.

Aí, se quero mudar alguma mania, tenho que ir parte a parte até acabar totalmente com a mania. Como se faz pra se tornar tolerante à veneno. Bebe ou toma um pouquinho, coisa realmente pouca do veneno, todos os dias e depois de algum tempo já pode tomar o veneno todo sem risco.

Foi a analogia que ele fez. Já vou. Adoro o senhor, senhor Ramos. A bientôt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: