quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Diário3 ─ capítulo 29

Senhor Ramos, hoje almocei no Ru, de novo. Em menos de uma ano. Comida boa add fome, dá o que? Mas realmente tava boa. Tinha salada, repolho húngaro (que não peguei, por que parecia repolho cozido), Tinha frango assado, carne com cheiro de fígado, salada cozida, suco de algo parecido com goiaba, doce de leite com calda de limão ou algo de sabor azedo (doce de leite aqui na Salvador chamam de Ambrosia ─ é um doce de leite cortado).

Só queria falar sobre isso. Aliás, isso é um bom tema.

Vamos conversar sobre isso. É isso mesmo, isso. Bom, isso é um pronome desmonstrativo usado para falar de uma pessoa que esta longe do emisor e do ouvinte. Eu acho, não me lembro bem. Na verdade odeio fala sobre isso. Me confunde com isto. Por que a lígua brasileira é tão complicada? Não basta dizer é "isto" e pronto? Sem se preocupar se é isto ou isso? Tenho muitas outras encrencas com o português. Nada de que não precise ficar longe desta língua.

Bom, por agora é só isso. A bientôt. Fuuuuiiiiiiii.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: