sábado, 23 de abril de 2011

Arte dos sonhos

Senhor Ramos, eu tenho feito muitas coisas. Inclusive isto. É, e tenho feito esta noite quase inteira. Sei que o senhor não é Deus. E somente eu posso me perdoar. Fazer o que. Tenho que ocupar minha mente nos outros momentos em que não estou pensando.

O primeiro a ocupar minha mente nos momentos de folga... Tá, nestes momentos foi um ator com nome de um jogador de beisebol, famoso. O outro, um cara que foi difícil de achar na internet. O outro nem era tão fácil e nem tão difícil, mas tem cabelo vermelho. É o meu jeito de sumir com coisas que não quero pensar.

Não deveríamos falar de sexo neste horário. Tudo bem, sem censura, e sem nomes e marcas. Justamente, à não não ser que receba patrocínio para falar sobre estas marcas. Chega de propaganda gratuita. Ninguém fez nada por mim, então vou retribuir.

Quero sim, achei muito pesado o tema anterior. Vamos falar de emprego. Eu sei, senhor Ramos. O senhor não pode me dar emprego, mas me dá o apoio e a influência que preciso.

Bom, começando... Carregando arquivo atualização.ini. Carregado. Carregando arquivo palavras fáceis.inf. Carregado. Caregando arquivo religião_dennied_or_allowed.txt. Carregado...

Brincadeira. Mesmo que fosse um computador, eu carrego centenas de arquivos por segundo no meu ínfimo cérebro de um litro e meio.

Sobre emprego eu tenho um tema principal a falar:
Senhor dai-me emprego, com um salário mínimo digno, ou um marido rico e gostoso para passar o resto da minha vida com ele. Abstrai, senhor Ramos.

Tudo bem, mas você ...
Mulheres não são idiotas, acredito eu, para cair no golpe do baú sem nenhum problema. E minhas preferências não são muito ortodoxas. Na verdade, é preciso bem mais que um par de pernas abertas e uma lata de cerveja. Um corpo bonito ajuda. Mas tem que saber seduzir.

Homens conseguem mexer literalmente comigo. Que a pessoa de que sempre falo ao senhor não descubra. Melhor, que descubra e traia a namorada dele comigo. Shiiii. Abafa isto, senhor Ramos. Eu não falei nada.

Tá, deixa ele saber. Mas, que pelo menos ele explique pra namorada por que está vindo pra mim. E se soube, o que é que tem? Se ele for macho de verdade ele vai fingir que não sabe. Ou vai tentar aceitar e tentar apenas ser amigo. Se não for, vou dar graças a quem quer que seja. Bom, por que será uma benção. Principalmente por que não pedi e por que continuo em dúvida.

Não sei mais. Tá, eu sei que disse que falaria de outro assunto. Tudo bem, chega deste assunto.

Emprego tá difícil. Qualquer coisa que oferecer dinheiro tô aceitando. Até emprego de striper de canil. Ou caçador agulhas no Saara. Talvez até... assistente de catador de água do deserto.

A bientôt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: