sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Aniversário

feliz aniversário tigre e garotoabraço feliz aniversário

Origem da Comemoração

Os vários costumes de celebração de aniversários natalícios das pessoas hoje em dia têm uma longa história. Suas origens acham-se no domínio da mágica e da religião. Os costumes de dar parabéns, dar presentes e de celebração - com o requinte de velas acesas - nos tempos antigos eram para proteger o aniversariante de demônios e garantir segurança no ano vindouro. Até o quarto século, o cristianismo rejeitava a celebração de aniversário natalício como costume pagão.

Os gregos acreditavam que cada um tinha um espírito protetor ou gênio inspirador que assistia seu nascimento e vigiava sobre ele em vida. Este espírito tinha uma relação mística com o deus em cujo aniversário natalício o indivíduo nascia. Os romanos também endossavam essa idéia. O costume de acender velas nos bolos começou com os gregos. Bolos de mel redondos como a lua e iluminados com velas eram colocados nos altares do templo de Ártemis. As velas de aniversário, na crença popular são dotadas de magia especial para atender pedidos. Acreditava-se também que as saudações natalícias tinham poder para o bem ou para o mal, porque a pessoa neste dia supostamente estava perto do mundo espiritual. - The Lore of Birthays (New York 1952), de Ralph e Adelin Linton, pág.8, 18-20.

Ainda hoje as Testemunhas de Jeová rejeitam comemorar aniversários natalícios por causa de sua origem. Além disso, afirmam que a Bíblia menciona apenas dois aniversários, o de um Faraó e o de Herodes, e nos dois casos tragédias ocorreram, o que seria índice de que se trata de uma comemoração não apropriada aos cristãos.

Leia mais sobre aniversário no wikipédiagarfield comendo o bolo de aniversário feliz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Selecione outra página.
=>

Viaje pelas tags do blog: